Prefeitura Municipal de Ibiraçu

Município

Histórico


O povoamento da região de Ibiraçu teve início na segunda metade do século XIX, em 1877, com a chegada dos imigrantes italianos vindos de Gênova, coordenados pelo General Aristides Armínio Guaraná, sergipano de origem holandesa, diretor da Colônia Santa Leopoldina e fundador do Núcleo Colonial Conde D´Eu. Foram três grandes embarcações vindas com famílias italianas, os navios a vapor “Columbia”, “Izabella” e “Clementina”.

Os imigrantes vieram fugidos da má condição socioeconômica do norte da Itália, gerada pelo processo de mecanização do campo e guerras imperialistas que deterioravam o continente. A viagem levava em torno de 60 dias, chegavam a Vitória, eram encaminhados para Santa Cruz e de lá subiam o rio Piraqueaçu até o núcleo colonial onde eram abrigados em barracões e recebiam suas atribuições quanto colonos, como a construção de estradas e produção nas lavouras. Estima-se que 20% dos imigrantes morriam durante ou logo após a migração devido a doenças como a febre amarela e tuberculose.

Com os imigrantes italianos a produção de café começa a se destacar no solo da região. Era uma estratégia do governo brasileiro o monocultivo de café pela mão de obra estrangeira tendo em vista que a escravatura caminhava para a extinção e a república precisava aumentar seus fundos com impostos de comercialização estrangeira.

Crescia assim a densidade populacional da região. Apareciam os primeiros núcleos urbanos responsáveis pelo escoamento da produção rural. Em 1891 o lugar era próspero e declarara sua emancipação política, recebendo o nome de Vila Guaraná em homenagem ao general que condicionou o povoamento dos migrantes. O nome Pau Gigante veio um ano depois devido a uma árvore exuberante de aproximadamente 60 metros que havia na região. Em 1932 já era conhecida como cidade e em 1942, comarca. O nome Ibiraçu foi dado por decreto em 1943 fazendo uma alusão aportuguesada da tradução do tupi: ybyrá (árvore) + assu (grande).

O desenvolvimento urbano do município foi impulsionado pela Estrada de Ferro Vitória a Minas e, após 1960, com a BR101. Além de uma porta de saída para mercadoria virou também uma porta de chegada para pessoas de outras partes do Brasil. Em 1988 Ibiraçu perdeu parte do seu território com a emancipação do distrito de João Neiva.

Prefeitura Municipal de Ibiraçu

ENDEREÇO

Av. Conde D'eu, nº 486 - Centro
Cep: 29670-000

INFORMAÇÕES

(27) 3257-0501

Funcionamento das 

07:00 às 11:00 e 12:00 às 16:00

© 2013 - Todos os direitos reservados.

Produzido pela ImpactaWeb